Links

Link topo

Link topo

PESQUISE NOSSAS ATIVIDADES AQUI!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Plano de Aula 3º Ano: Confusão no Jardim

OLÁ AMIGOS!
FICAMOS FELIZES COM SUA VISITA E AGRADECEMOS DE CORAÇÃO!
SE PUDER CLICAR EM SEGUIR, AO LADO ESQUERDO DESTA POSTAGEM QUE ASSIM VOCÊ FICARÁ POR DENTRO DE TODAS NOSSAS NOVIDADES NO SEU EMAIL!

DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA, Ciências, Geografia, Matemática e Arte

TURMA: 3º ANO

OBJETIVO GERAL:

 Ampliar a competência comunicativa dos estudantes.
 Utilizar diferentes linguagens e diferentes tipologias textuais.
 Inter atuar com dados, argumentos, fatos e informações contidos em diferentes   textos.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

 Interpretar textos orais a partir de histórias ouvidas e gravuras.
 Expressar-se oralmente com clareza e objetividade.
 Identificar aspectos sonoros da língua.
 Ler, e reconhecer, textos variados e diferentes gêneros.
 Produzir textos de vários gêneros, obedecendo às estruturas e os mecanismos de articulação da língua.
 Reescrever textos lidos e ouvidos identificando os diferentes tipos de letra.

CONTEÚDO
 Atividades reflexivas de produção textual .
 Reescrita e autocorreção de texto.
 Estrutura e articulação do texto – segmentação das palavras no texto, letra maiúscula e minúscula, pontuação, paragrafação, margem e separação de palavras.
Produção de diversos gêneros textuais.

Pontos de contato: Ciências, Geografia, Matemática e Arte.
Conversando sobre...

Leitura da poesia Confusão no Jardim, realizada pela professora, com a visualização do texto escrito em um cartaz.


Confusão no Jardim
Uma estrelinha
Caiu no meu jardim,
Lá no meio do capim
Se caiu do céu agora,
Terá sido pouca cola?
Quem será que mora
Neste pedacinho de aurora?
O sapo gordo
Parou o seu coaxado
E foi pulando
Para ver o seu achado.
O gato preto
De susto ficou duro,
Saiu correndo,
Saltando pelo muro.
Dona Barata
Aprontou um sururu,
Saiu gritando:
- É fogo, é fogo no bambu!
O grilo manco
Calou o seu trilado,
E foi saltando,
Assim meio de lado.
Uma estrelinha
aiu lá no canteiro,
Piscando o tempo inteiro.
Vejam como é brilhante
Este corpo celeste!
Se caiu do manto da noite,
Despregou-se da sua veste?
O caramujo
Do sono despertou,
Pensando alegre:
- O dia já raiou!
O vaga-lume
Acendendo a lanterna:
- Meu Deus do céu,
Que será essa baderna?
A mariposa
Achou muita graça:
- Ó minha gente,
Estrela com fumaça?
Mas a formiga
Desfez a confusão:
- É só a brasa
Do charuto do João!

Vamos conhecer um pouco sobre o autor da poesia?


Ferruccio Verdolin Filho nasceu em Barão de Cocais, MG, em 1960. Reside em Belo Horizonte desde 1974. Desenvolve atividades como artista plástico, escritor e ator. Formado pela Escola de Belas Artes da UFMG, tem passagem por alguns dos salões de arte mais importantes do país. Estreou em literatura publicando poemas no Suplemento Literário do Estado de Minas, onde colaborou durante anos. Tem livros infantis e infanto-juvenis publicados por várias editoras. Como ator, trabalhou ao lado dos mais expressivos nomes das artes cênicas em Minas, realizando, ainda, trabalhos para vídeo para cinema.


Conversando sobre a poesia

Leia, apontando palavra por palavra, chamando a atenção da turma para: título, direção da escrita, espaçamento entre as palavras e a organização das ideias.

Leia novamente, questionando:
quais palavras não são conhecidas no texto? (usar dicionário)
Neste texto, há perguntas ou só há afirmações?
O texto informa alguma coisa?
Qual é a intenção deste texto? É divertido? É rimado?
Vocês já leram algum texto como este anteriormente? (do mesmo gênero)
Organize com a turma um caderno para registro coletivo de palavras novas e seus significados à medida que forem contextualizados.

Pergunte aos estudantes sobre o assunto tratado.


Proponha a representação individual por meio de desenhos e exponha-os devidamente identificados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário